Portal           Istya           Galeria
Fórum Tolkienianos » Os Livros » Linguística » Quenya » Maedhros i lindalë :)

Autor Tópico: Maedhros i lindalë :)  (Lida 7621 vezes)


Gwen
Editor de Conteúdos
Maia
*
Offline Offline


Mensagens: 1727

Ver Perfil E-mail

Conquistas

award4
award9
award12
award13
Maedhros i lindalë :)
« em: Agosto 11, 2007, 09:04:40 pm »
Já há muito que ando afastada do Quenya pelos mais variados motivos, um deles a crescente falta de tempo  :crying:  Resolvi que isso tinha de acabar e vou tentar a tradução da LINDA biografia em verso sobre Maedhros, feita pelo Anguirel  :w00t2:  Assim, ele não terá escapatória para o escrever em tengwar...  (:evil:

O texto é longo e não muito fácil  :ph34r: portanto, peço aos outros estudantes de quenya que vão dando aqui um olhinho…  :vela: pois toda a ajuda, sugestões e correcções são bem-vindas e necessárias, e por vezes lembramo-nos de palavras diferentes e mais apropriadas  :)

Vou procurar fazer um verso por dia..  :unsure:

Eis o trabalho desta semana:

De fogo rubro sua alma foi forjada,
Na bem-aventurança de Aman, no meio-dia de Arda.
Na Terra Abençoada cresceu, à sombra dos Deuses,
Com o amor de seu Pai muito aprendeu
Mas em tempos futuros, a disposição de sua mãe reflectiu.


Náreo annarwa fëarya né taminnëa,
Almaressë Amanwa, mi enderë Ardava.
Mi Almarëa Nórë ónës, nu lumbë Valaron,
As melmë ataryo eryë rimba istanë
Mal lumessë enta, amillo i tercenyë sintë sana.


Traduzido à letra:
Fogo-de vermelho alma-sua foi forjada
Bem-avenurança-na Aman-de, no meio-dia Arda-de
Na Abençoada Terra cresceu-ele, sob sombra Deuses-dos
Com amor pai-seu ele muito aprendeu
Mas tempo-sobre no-futuro, da mãe o discernimento aprendeu pensar (refletiu).

Dúvidas:
Amillo (da mãe) ou Amilleryo ("de sua mãe", como está no texto??). Acabei por optar por amillo porque gostei mais do som da palavra, mas estou na dúvida…  :unsure: Opiniões!!!  :)

Também usei a forma irregular do verbo ista (conhecer/aprender) no último verso em conjunto com o verbo pensar (sana) no infinitivo para formar “reflectiu” (aprendeu pensar). Para já não me lembro de outra solução. Essa forma irregular do pretérito usa-se combinada com um verbo no infinitivo e forma o sentido de “poder, ser capaz de” qualquer coisa.

A palavra vermelho em quenya é carnë, e no Quenya Vanyarin “nasar”. Eu gostei mais da forma Vanyarin  :grin: Optamos por qual???   :unsure:
« Última modificação: Agosto 12, 2007, 08:58:22 pm por Gwen »
Lacho calad! Drego morn!

Elenaro
Elfo
****
Offline Offline


Mensagens: 564

Ver Perfil E-mail
Re: Maedhros i lindalë :)
« Resposta #1 em: Agosto 11, 2007, 11:21:40 pm »
Pergunta idiota:

Rubro não ficaria melhor se fosse traduzido por annasar?!  :unsure: ou uma outra qualquer coisa para dar a ideia de rubro e nao de simples fogo vermelho?! Exmpl: narwa (fiery red) Uma coisa assim do genero...  :unsure:

E sim eu prefiro nasar a carnë por uma simples razão: do pouco Vanyarin que vi acho-o mais bonito que o Noldorin.  ^_^

Gwen
Editor de Conteúdos
Maia
*
Offline Offline


Mensagens: 1727

Ver Perfil E-mail

Conquistas

award4
award9
award12
award13
Re: Maedhros i lindalë :)
« Resposta #2 em: Agosto 12, 2007, 08:50:04 pm »
 :blink: Usar o superativo, é isso???  :w00t: mas que boa ideia, Elenaro  :w00t2: :hug: :hug:

Ora então vamos ver... annasar ou annarwa???  :unsure: "muito vermelho" ou "muito vermelho fogo"???   :devil:  Gosto do som das duas...  :blink: isto não está fácil, ajudem aí!  :vela:

« Última modificação: Agosto 12, 2007, 08:55:33 pm por Gwen »
Lacho calad! Drego morn!

Silvara
Elfo
****
Offline Offline


Mensagens: 719

Gelo no abraço da Chama

Ver Perfil E-mail
Re: Maedhros i lindalë :)
« Resposta #3 em: Agosto 12, 2007, 08:54:52 pm »
Não sou estudante de linguas de Tolkien por falta de tempo (muita falta de tempo, diga-se de passagem!) mas permite-me, como alguém que até escreve assim um poema ou outro e até gosta do som destas palavras, que te diga que annarwa soa-me melhor, quer em tradução/conteudo, quer em força. :)
Mas claro, isso é só a minha humilde opinião.  :unsure:

Gwen
Editor de Conteúdos
Maia
*
Offline Offline


Mensagens: 1727

Ver Perfil E-mail

Conquistas

award4
award9
award12
award13
Re: Maedhros i lindalë :)
« Resposta #4 em: Agosto 12, 2007, 08:57:38 pm »
 :) Então.. e para que continues a participar e a dar a tua opinião, está decidido, fica annarwa  :hug:
Lacho calad! Drego morn!

Silvara
Elfo
****
Offline Offline


Mensagens: 719

Gelo no abraço da Chama

Ver Perfil E-mail
Re: Maedhros i lindalë :)
« Resposta #5 em: Agosto 12, 2007, 09:01:49 pm »
 :blush: Vou tendo em atenção apartir de agora ao que se vai pondo. Se apanhar desde inicio até pode ser que participe mais. ^^  :w00t:

Gwen
Editor de Conteúdos
Maia
*
Offline Offline


Mensagens: 1727

Ver Perfil E-mail

Conquistas

award4
award9
award12
award13
Re: Maedhros i lindalë :)
« Resposta #6 em: Agosto 17, 2007, 10:18:16 pm »
E vamos à 2ª estrofe:   :unsure:

“O destino de seu Pai suportou com os irmãos e Avô
Pelos Valar se acharam traídos e enganados,
Em Fomentos, desterrados, com os Silmarilli em cofres fechados.
Num dia negro para todos, os Silmarilli, por Morgoth foram roubados
As suas suspeitas confirmaram quando, no escuro o seu Avô,
Assassinado pelo Vala, encontrou.”


I umbar ataryo vornë as torni ar nostar
Valarinen  sananentë  nar  linraicë,
Mi Fomentos, hecilor, i Silmarillinen pathë.
Auressë mórë ilyën, i Silmarilli ter Morgoth mapaina
Intyaryar  ner anwë írë, lómessë i nostarya,
Qualtaina  Valanen,  hirnë.


Traduzido à letra:
O destino pai-seu-de suportou com irmãos e parente (avô)
Valar-pelos pensaram-eles ser muito-enganados
Em Fomentos, esquecidos, os Silmarilli-com fechados
Dia-no negro todos-para, os Silmarilli por Morgoth roubados
Adivinhar-seus (suas suspeitas??) foram verdadeiros quando, escuro-no o parente-seu
Assassinado Vala-pelo, encontrou.

Dúvidas… algumas. Estas foram as melhores opções que me lembrei. Todas as sugestões e melhoramentos são bem-vindos :) Um agradecimento especial para Mestre Slicer, que me ajudou com o verbo “suportar”  :hug:  pois cheguei a pensar que tinha “encalhado” ao 1º verso.  :ph34r:

Para “destino” temos 2 palavras.. “maranwë” ou “umbar”???  :blink:
« Última modificação: Agosto 18, 2007, 01:52:39 pm por Gwen »
Lacho calad! Drego morn!

Silvara
Elfo
****
Offline Offline


Mensagens: 719

Gelo no abraço da Chama

Ver Perfil E-mail
Re: Maedhros i lindalë :)
« Resposta #7 em: Agosto 17, 2007, 10:59:04 pm »
É um destino um tanto ao quanto "negro", creio que umbar seria mais forte nesse sentido, mais profundo.  :unsure: (claro que eu vejo as coisas pelo que soam, confio em vós pelos significados mais correctos)

Gwen
Editor de Conteúdos
Maia
*
Offline Offline


Mensagens: 1727

Ver Perfil E-mail

Conquistas

award4
award9
award12
award13
Re: Maedhros i lindalë :)
« Resposta #8 em: Agosto 25, 2007, 04:12:40 pm »
 ^_^ Seja Umbar, então!!!  :D :hug:  O significado é o mesmo ;)

 vamos à 3ª estrofe:  :ph34r:

"No dia escuro, à luz de archotes um juramento prestou,
Com o pai e irmãos, de espadas desembainhadas, jurou:
“ - Por Eru perseguir, ou mesmo matar quem em sua posse um Silmaril guardar.”
Do juramento mais tarde se arrependeu, pois só desgostos e tristezas lhe deu,
Mas a ele estava cativo, bem como os seus, até a sua vida repudiar."

Auressë morë, i cala náro vanda quentë,
As i atar ar torni, maciliva massë, vernë,
“Ter Eru roita, var nehta, ye minë Silmaril tirë.”
Vando mí enta oranë nyérëa, na rimba nyérë antanë,
Anat i vanda antenës mól as nostaryar, tenna i hroa úmerë.

Dia-no escuro, à luz do fogo, (um) juramento falou,
Com o pai e irmãos, espadas-de mão-na, jurou,
“Por Eru perseguir, ou matar, aquel que um silmaril guardar”.
Juramento-do no futuro (em dias futuros) sentiu grande tristeza (dor/arrependimento), pois muita dor deu.
Mas ao juramento estava-ele preso (escravo), com parentes-seus, até o corpo desaparecer.


Tenho esperança que com a continuação do trabalho e à medida que vou utilizando os dicionários  vá encontrando outras opcções para algumas palavras..  :unsure: haverá certamente algumas escolhas melhores. Mais uma vez, toda a ajuda é bem vinda :)

E agora uma opinião:
Em "até a sua vida repudiar" escrevi: "tenna i hroa avánië", "até o corpo desaparecer";  mas podia ter escrito "tenna i hroa racë", até o corpo quebrar".   :unsure:  Qual será mais indicada??
« Última modificação: Outubro 14, 2007, 05:39:38 pm por Gwen »
Lacho calad! Drego morn!

Silvara
Elfo
****
Offline Offline


Mensagens: 719

Gelo no abraço da Chama

Ver Perfil E-mail
Re: Maedhros i lindalë :)
« Resposta #9 em: Agosto 25, 2007, 04:23:59 pm »
Essa parte é realmente complicada. Não há nada em negação que pudesse ser posto? Se é a sua vida repudiar, é como se negasse a sua vida. Entre o corpo quebrar e desaparecer, no entanto, se fica a associação a corpo, creio que o quebrar dá mais enfase a uma destruição mais violenta que o desaparecer, que dá a ideia de um esquecimento suave progressivo.
 :unsure:

Gwen
Editor de Conteúdos
Maia
*
Offline Offline


Mensagens: 1727

Ver Perfil E-mail

Conquistas

award4
award9
award12
award13
Re: Maedhros i lindalë :)
« Resposta #10 em: Outubro 14, 2007, 05:58:22 pm »
 :) E mais uma vez tens sido um grande apoio, lissë Silvara, Massánië  :hug:

Sim, posso tentar uma construção na base de uma negaçaõ... talvez "não-desejar". Tenho de ver isso  ^_^

HANTALË  :hug: :hug: :hug:

"tenna i hroa úmerë"

-----------------------------------

E mais um pouco  :ph34r:

Com Vermelho Família, alvos cisnes mancharam,
De coração pesado com a morte das praias de Aman se apartaram.
Rumo ao Norte os domínios de Ulmo sulcaram, pelo choro de Uinen acossados.
Pela nívea frialdade de Helcaraxë o intuito foi gorado e o animo quebrantado.


As carnë-nossë alqualossi váranër
Honwa lunga as i qualmë hrestallon Amano oantër
Formenna i aranië Ulmova oantër, nieinen Uineno roitanër
Halcanen ar lossë Helcaraxë, i nirmë né racina.

Com vermelho-família cisnes-alvos (brancos como a neve) sujaram/mancharam
coração-de pesado com a morte praias-das Aman-de deixaram
Norte-em direcção-a o reino Ulmo-de passaram, lágrimas-pelas Uinen-de perseguidos
Gélido-pelo e branco Halcaraxë, a vontade foi quebrada.

---------------

Para "alvos-cisnes" usei Alqualossi, "cisne-brancos"  :ph34r: devia ser alquar (cisnes) lossi (brancos), mas lembrei-me de Alqualondë (porto dos Cisnes" e segui a mesma "receita"  :rolleyes: talvez numa palavra composta baste a 2ª palavra estar no plural  :unsure: :ph34r:
« Última modificação: Outubro 14, 2007, 06:04:15 pm por Gwen »
Lacho calad! Drego morn!

Silvara
Elfo
****
Offline Offline


Mensagens: 719

Gelo no abraço da Chama

Ver Perfil E-mail
Re: Maedhros i lindalë :)
« Resposta #11 em: Outubro 14, 2007, 08:33:53 pm »
Creio que está perfeito.  ^_^ Mas não falta ali uma parte sobre a quebra do desanimo no ultimo verso?

Citar
Pela nívea frialdade de Helcaraxë o intuito foi gorado e o animo quebrantado.

(...)

Gélido-pelo e branco Halcaraxë, a vontade foi quebrada.

É que temos duas coisas a acontecer no original: a falha da vontade e a quebra do desanimo. Na tradução ficamos com uma só ideia.
« Última modificação: Outubro 14, 2007, 08:38:41 pm por Silvara »

Gwen
Editor de Conteúdos
Maia
*
Offline Offline


Mensagens: 1727

Ver Perfil E-mail

Conquistas

award4
award9
award12
award13
Re: Maedhros i lindalë :)
« Resposta #12 em: Outubro 14, 2007, 08:52:43 pm »
 :blush: Tens toda a razão, Silvara. Mas não consegui arranjar nada, nem pensar numa alternativa  :crying:

Mas como este é apenas um primeiro esboço, pode ser que depois quando fizermos a revisão da tradução nos lembremos de alguma coisa  :)
Lacho calad! Drego morn!

Silvara
Elfo
****
Offline Offline


Mensagens: 719

Gelo no abraço da Chama

Ver Perfil E-mail
Re: Maedhros i lindalë :)
« Resposta #13 em: Outubro 14, 2007, 09:59:16 pm »
Intuito é ideia... ou objectivo. O objectivo perdido e o animo quebrado, não daria?  :huh:
« Última modificação: Outubro 14, 2007, 10:07:13 pm por Silvara »

Gwen
Editor de Conteúdos
Maia
*
Offline Offline


Mensagens: 1727

Ver Perfil E-mail

Conquistas

award4
award9
award12
award13
Re: Maedhros i lindalë :)
« Resposta #14 em: Novembro 02, 2007, 11:59:32 pm »
 :hug: Penso que sim, querida Silvara  :hug: hantalë por todo o apoio e interesse  :) tens sido uma grande ajuda minha querida  :hug:  ^_^

Mas por vezes, na prática... as coisas poderão demorar mais tempo do que imaginariamos  :ph34r: E um sossego que por vezes muito desejaria e não consigo  :crying: qualquer dia ainda me torno uma Eremita  e mando tudo o resto à fava (menos o filhote  :D)   mas para já... aqui estamos, e não estou a conseguir arranjar uma alternativa  :crying: Continuemos, sem desanimar... (muito)!  :rolleyes:  ficandio este verso para uma grande "revisão final"   :) como aliás todo o poema ficará   :unsure: é um poema dificilimo :ph34r: mas não será isso que nos fará desistir...  :brutallsabre: ;)

A sua família com o pai traiu e com os Fiéis partiu.
No estuário do Drengist desembarcaram, de novo os pés na Terra-Média postaram,
Mas os Cisnes não voltam como Maedhros supunha;
Bagagem escusada o seu pai achou, aqueles que na praia de Araman deixou.


I nossërya atarinen vartanë ar as i Voronwë oantë
Etsiressë Drengisto tullër, ata mi Endorenna
Anat i alquar úmër pelë, ter Maedhros sánanë
Cólo atarya sánanë, entë ya falassë Aramano hehtanë.

(a família-sua pai-com-o traiu e com os fiéis partiu
Foz-sobre Drengist-do chegaram, novamente Terra-média-na
mas os cisnes não voltaram, como Maedhros pensou
(um) fardo seu pai pensou/achou, aqueles que na praia de Araman abandonou)

Estuário: pensei em 3 palavras: foz (etsir); praia (falassë)  ou cópa (enseada, baía)  :unsure: :ph34r: acabei por optar por Etsir (foz)  :wacko: que acham????  :unsure:








« Última modificação: Novembro 04, 2007, 12:09:01 am por Gwen »
Lacho calad! Drego morn!

Fórum Tolkienianos » Os Livros » Linguística » Quenya » Maedhros i lindalë :)