Portal           Istya           Galeria
Fórum Tolkienianos » Geral » Iniciativas » O Tesouro dos Elfos :)

Autor Tópico: O Tesouro dos Elfos :)  (Lida 60003 vezes)


Anglachel
Artífice do Tesouro
Maia
*****
Offline Offline


Mensagens: 1142

Where all begins and all ends.

E-mail
O Tesouro dos Elfos :)
« Resposta #30 em: Junho 05, 2006, 06:43:50 pm »
Balsas :blink:  :blink:  :blink:  :blink:  :blink: Tiveram de esperar por orcs para trazer musica e dançar um valsa para atrvessar :lol:

o que e uma balsa??? canoa???
« Última modificação: Junho 05, 2006, 06:44:44 pm por Anglachel »
My MTG Blog          O meu Blog

Théoden
Artífice do Tesouro
Maia
*****
Offline Offline


Mensagens: 1343

Westu Théoden hál!

E-mail
O Tesouro dos Elfos :)
« Resposta #31 em: Junho 05, 2006, 06:49:34 pm »
É uma jangada! :P

Ah, essas diferenças lingÜísticas... :rolleyes: :P

Who shall gather the smoke of the dead wood burning,
Or behold the flowing years from the Sea returning?
LoTR - Book III - The King of The Golden Hall

Gwen
Editor de Conteúdos
Maia
*
Offline Offline


Mensagens: 1738

E-mail
O Tesouro dos Elfos :)
« Resposta #32 em: Junho 05, 2006, 07:21:23 pm »
:lol::lol::lol: Está DEMAIS, Théoden!!! :lol::lol::lol: MUITO, MUITO ENGRAÇADO :lol: :lol::lol:

 :P Ah, e está sendo preparado um silo para colocar amendoas...  :rolleyes: quase fico arrependida...  :blush:  mas parece-me que os heróis, apesar de muito reclamarem, vão começar a melhorar rapidamente depois de tão suaves tratamentos   :blink:  :unsure: :ph34r:

A Mellon e o LordOfRings estão DEMAIS!!! :lol::lol::lol:
Lacho calad! Drego morn!

Elenaro
Elfo
****
Offline Offline


Mensagens: 564

E-mail
O Tesouro dos Elfos :)
« Resposta #33 em: Junho 05, 2006, 09:25:40 pm »
Citar
É uma jangada! :P

Ah, essas diferenças lingÜísticas... :rolleyes: :P
Barreiras linguisticas?!!?!  :blink:  :blink: Não era suposto falarmos a mesma lingua?!  :P  :P

Eu cheira-me é que alguem anda a negligenciar o tempo de antena das tardes da sic!!!!  :glare:  :glare:  :P  :P Então eles andam a dar akelas telenovelas da globo umas atras das outras para que?! huh?!  :P  :P  :P


P.S.: Isto não tem nada de anti-novela da globo. Foi só uma referencia humoristica!

P.S.S.: Isto não tem o intuito de ofender nenhum sotaque da lingua portuguesa!

P.S.S.S.: Qualquer reclamação por favor apresentem-na ao departamente de novelas da TVI!

P.S.S.S.S.: Nada do que foi dito antes tem qualquer intuito publicitario!


 :P  :P  :P  :P  :P  :P  :P  :P  :P  :P  :P  :P  :P  :P  :P  :P  :P  :P  :P  :P  :P  :P  :P  :P  

Arwen
Maia
*****
Offline Offline


Mensagens: 1338

Aiya Eärendil, Elenion Ancálima!

E-mail
O Tesouro dos Elfos :)
« Resposta #34 em: Junho 05, 2006, 10:41:09 pm »
Está magnifico!  :w00t:

:lol: :lol:

"Tinúviel elvanui Elleth alfirin edhelhael O hon ring finnil fuinui A renc gelebrin thiliol... "
Tinúviel [the] elven-fair, Immortal maiden elven-wise, About him cast [her] night-dark hair, And arms [like] silver glimmering..."




Azaghal
Artífice do Tesouro
Maia
*****
Offline Offline


Mensagens: 2797

Túrosto, i anvorima Valakhosta

E-mail
O Tesouro dos Elfos :)
« Resposta #35 em: Junho 05, 2006, 10:53:23 pm »
Algo de errado se passou na história. (nao, não são as ligaduras/ataduras do Theoden. Não, não são as costuras nos ferimentos de Elrond e não, nao é o desejo incontrolável de LordOf Rings levar umas chicotadas que, como todos sabem faz bem à circulaçao. Eu próprio, antes de iniciar uma grande viagem, peço a alguem para me chicotear sem dó nem piedade)

O que realmente se passou de estranho na história foi:

Eu a andar a cavalo :angry:..... Nunca na vida. de certeza que corri atrás dos outros como é próprio de um anão como eu (mesmo que tenha 1.80m)....

O único degenerado da minha família que ando a cavalo foi esse tipo pequenino que se armou em amigo dos elfos chamado Gimli.... :ranting:


devaneios à parte.

A história está muito engraçada....

e quando começam os desafios?

Quero ver a porta de orthanc a abrir-se de par em par para os valorosos herois (principalmente um anão fantástico que faz parte da comitiva) poderem descobrir o que se esconde no seu interior.....
« Última modificação: Junho 05, 2006, 10:54:31 pm por Azaghal »



Gwen
Editor de Conteúdos
Maia
*
Offline Offline


Mensagens: 1738

E-mail
O Tesouro dos Elfos :)
« Resposta #36 em: Junho 05, 2006, 11:01:33 pm »
Citar

O único degenerado da minha família que ando a cavalo foi esse tipo pequenino que se armou em amigo dos elfos chamado Gimli.... :ranting:

 

Então, Azaghal, não refiles... (dizer isto a um Anão  :rolleyes: ) já viste que se fosses a correr, podias chegar lá muito cansado e o Daedhel ainda te dava uma colher do fortificante???   :unsure:  :puke:  :P

Quanto a falar por aí que só um Anão da sua família se armou :crazy: em Amigo dos Elfos  :glare:  esteja caladinho que ainda não sabe tudo o que o espera!!!   ^_^ :P

Amanhã eu posto a minha aventura e da Arwen em Dol Guldur  :P e quarta feira, terá lugar o 1º Desafio, o da Porta de Orthanc!  :w00t:
« Última modificação: Junho 06, 2006, 08:37:59 am por Gwen »
Lacho calad! Drego morn!

Aegnor
Elfo
****
Offline Offline


Mensagens: 988

Senhor de Dorthonion

WWW E-mail
O Tesouro dos Elfos :)
« Resposta #37 em: Junho 05, 2006, 11:27:16 pm »
Tá demais Théoden! :lol: Qualquer dia têm que fazer um livro só com as aventuras dos Tolkienianos! ^_^  :P
« Última modificação: Junho 06, 2006, 10:53:46 am por Aegnor »
Ir Ithil ammen Eruchín
menel-vîr síla díriel
si loth a galadh lasto dîn!
A Hîr Annûn gilthoniel,
le linnon im Tinúviel!


Ó Lúthien mais bela das elfas
que prodígio moveu as tuas danças então?
Nessa noite que magia da Elficidade
encantada a tua voz possuía?
Tal maravilha não mais existirá
na Terra ou a Oeste para lá do mar,
ao entardecer ou amanhecer, pela noite ou dia
ou debaixo do espelho da Lua!

Elrond of Rivendell
Editor de Conteúdos
Vala
*
Offline Offline


Mensagens: 3045

E-mail
O Tesouro dos Elfos :)
« Resposta #38 em: Junho 06, 2006, 10:12:33 am »
Ehehehehe :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: mas um maravilhoso capitulo da saga Tolkieniana…  :D
Ó Aegnor,  :rolleyes: olha que a ideia de fazer um livro só com as aventuras dos Tolkienianos não é má de todo  ^_^ … ehehe :lol: :lol:
 
Ála tira acca haiya! Mal si a vanya as márë órelyar! Namárië, ar nai aistalë Eldar ar Atani ar ilyë Léralieron hilya le! Eleni sílar antalyannar!


Eru
Administrador
Vala
*****
Offline Offline


Mensagens: 4890

Abram alas ao Criador de Arda!

WWW E-mail
O Tesouro dos Elfos :)
« Resposta #39 em: Junho 06, 2006, 05:25:21 pm »
:lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: v
Que venham os desafios ;)

Gwen
Editor de Conteúdos
Maia
*
Offline Offline


Mensagens: 1738

E-mail
O Tesouro dos Elfos :)
« Resposta #40 em: Junho 06, 2006, 07:09:09 pm »
Gwen caminhava cuidadosamente pelos escuros corredores de Dol Guldur, sustentados por colunas cheias de rostos atormentados. De vez em quando um vitral com a figura de Sauron deixava entrar alguma claridade, bem como alguns archotes, única iluminação daquela lúgubre fortaleza. Chegou à entrada duma sala com uns rebordos estranhos dos lados... parou, receosa! Pegou num archote e atirou-o para dentro da sala. Imediatamente duas lâminas foram accionadas cortando o archote ao meio, e recolheram novamente. Bolas! Tinha de parar a armadilha!
Pegando noutro archote fez accionar de novo as lâminas, enquanto colocava a sua lança numa das ranhuras. As lâminas ficaram no meio da sala, a trabalhar sem parar... mas já não saíam dali! Passou com cuidado, lamentando perder a lança. Foi dar a uma galeria onde se via, em baixo, uma arena onde wargs dilaceravam alguns pedaços de carne. Afastou-se e chegou a uma sala com muitas portas, que pareciam celas. Parou, ao ouvir alguém chorar baixinho… cautelosamente, aproximou-se dessa porta e espreitou por um postigozinho.
- Arwen? – Perguntou admirada.   :huh:
- Gwen? – imediatamente Arwen correu para a porta – Oh Gwen, tens de me tirar daqui!
- Claro! É só descobrir como isto se abre…
- Depressa, Gwen!!! Eles trazem os necromantes, e eles sugam-nos toda a vida, até a alma… já os vi fazer isso. Prisioneiros tornados monstros, sem vontade… tenho de sair daqui!
- Calma… calma! - e num desespero, andou à volta da sala! As portas não tinham fechadura, por isso devia haver um mecanismo que as abria. Reparou num a um canto… mas em frente estava uma imagem em baixo-relevo da cabeça dum balrog, que não a tranquilizou nada! Lembrou-se de ver uns escudos pendurados na sala e foi buscar um, aproximando-se com o escudo a protegê-la… foi bom tê-lo feito, pois uma labareda saíu da boca do balrog assim que se aproximou do mecanismo! Mesmo com o escudo sentia um calor intenso… rapidamente, moveu uma alavanca e viu uma porta abrir-se, mas não era a da cela da Arwen… tentou novamente, e desta vez acertou. As duas correram uma para a outra e abraçaram-se!
- Haverá mais prisioneiros? – Espreitaram mas não havia mais nenhum.
Fecharam as celas e continuaram por outro corredor… as paredes eram de pedra e tinham uns estranhos dizeres vermelhos, que pareciam escorrer.
- Aquilo é tinta ou sangue? – perguntou Arwen.   :unsure:
- Seja o que for está na língua negra de Mordor. Mas como vieste parar aqui, Arwen? Pensava que estavas com o teu pai.
- E estava, até me apanharem em Minas Morgul – explicou Arwen – Tencionavam manter-me prisioneira para poderem fazer chantagem com o meu pai, no caso dele aparecer. Parece que roubaram algo muito valioso e temem uma represália.
- O que será? E que mais ouviste, Arwen?
- Falam com grande reverência de alguém a quem chamam... Gorthaur. Não era um dos nomes de Sauron?   :ph34r:
- Sim, é o seu nome em Sindarin, Gorthaur, o Cruel. Que poderá isso significar? A sua forma física pereceu para sempre!   :huh:
Chegaram a uma bifurcação e tentavam decidir por que lado continuar quando ouviram passos pesados vindos da direita. Rapidamente foram pelo corredor da esquerda, até que chegaram a um amplo corredor onde algumas armas e tapeçarias adornavam a parede.
- Temos de avançar com cuidado – disse Arwen – mas onde viemos ter?
- Parece que nos aproximamos dos aposentos de alguém importante; temos de descobrir alguma coisa, sair daqui e ir ter com os outros. – Respondeu Gwen, e tirou uma espada da parede – Fica com ela, Arwen, é pequena e leve, maneja-se bem. E não hesites em usá-la, se necessário!
- Não hesitarei! – Disse Arwen com um ar feroz – parece bem afiada!
Chegaram à porta duma sala comprida e o chão era dois grandes blocos de pedra. Assim que entraram a porta atrás delas fechou-se com estrondo; aflitas, viram que também a porta do outro lado da sala começava a fechar-se. E depois o chão começou a mover-se... cada bloco recolhia para a parede, deixando ver um buraco cada vez maior coberto por estacas afiadas, algumas com cadáveres espetados.
- O chão está a desaparecer – disse Arwen, muito aflita.  :blink:
- Corre para a porta, rápido! – Exclamou Gwen, e ambas começaram a correr. Tiveram de dar um grande salto, conseguindo passar mesmo antes da porta fechar.
- Mesmo a tempo! Que susto! – disse Arwen – Olha, há uma alavanca deste lado.
Puxaram-na e viram as portas abrir de novo, e os dois grandes blocos a unir-se.
- É melhor assim, para descobrirem o mais tarde possível que estivemos aqui. Mas espero bem que haja outro caminho para sair.   :huh:
Nisto ouviram uns passos ligeiros e pouco depois estava diante delas um enorme warg que as olhou ameaçadoramente, mostrando os seus dentes afiados e rosnando ferozmente.
- Não te mexas! – disse Gwen, agarrando com força o punho da sua espada.
- E se cantássemos o hino a Elbereth? – sugeriu Arwen.
- Boa ideia! – e ambas começaram a cantar baixinho, sem tirar os olhos do warg:

”A Elbereth Gilthoniel
Silivren penna míriel!
O menel aglar elenhath…”


O warg continuava a rosnar, mas já não parecia tão ameaçador. Deu um passo em frente e começou a abanar a cauda, enquanto ambas continuavam a cantar docemente… com gestos muito cautelosos, aproximaram-se e fizeram-lhe uma festa no lombo, e ele lambeu primeiro a mão de uma e depois da outra. Já não tinha aquele aspecto terrível, aquele olhar de loucura como que enfeitiçado por uma magia terrível!
- É só um lobo – disse Arwen, abraçando-o – E é lindo!  :wub:
- Sim  :wub: - disse Gwen, não se cansando de lhe fazer festas – Parece que quebramos o encantamento que o tornava aquela fera horrível. E vai ser um bom amigo aqui dentro.
- Temos de pensar num nome para ele – disse Arwen muito séria.
- Narmodil? – Perguntou Gwen, ao fim de um tempo – Lobo Amigo em Quenya, que te parece?   :)
- Adorei! Narmodil! – disse Arwen, dando-lhe um grande abraço.
Descansaram um pouco, mimando o Narmodil, e depois continuaram sempre perto dele, até que chegaram a um salão imponente; havia uma porta gravada com a figura negra de Sauron, e de cada lado partia um corredor. Não se via ninguém. Rodearam o salão andando na sombra e evitando tocar nas colunas, que pareciam feitas de caveiras verdadeiras. Chegaram junto da porta, que estava entreaberta e espreitaram; era uma grande sala rodeada de estantes e com uma mesa com papeis. Estava vazia.
- Vamos – e os três entraram na sala. – Arwen, podes ficar a ver se chega alguém? È a nossa oportunidade de tentar descobrir algo!
Arwen concordou e Gwen aproximou-se da mesa; reparou num desenho feito cuidadosamente, de um estranho salão circular. Também viu um mapa e percebeu que era de Dol Guldur: meteu-o no bolso e concentrou-se novamente no desenho.



Estavam representados três tronos e três pedestais, com um Anel cada; existia um quarto pedestal com uma espada preta, aparentemente suspensa no ar e com o gume para cima. Em todos os pedestais havia uma palavra escrita em Sarati, mas não as conseguia ler sem as suas tabelinhas. Os anéis pareciam-se imenso com os Três dos Elfos, e o seu coração bateu mais depressa: “Que poderá significar isto? E porquê o uso das Sarati de Rúmil, o mais antigo e poderoso sistema de escrita?”    :huh:
Ao lado havia um pergaminho escrito em Tengwar; decifrou as primeiras linhas e percebeu que era uma charada: “Tenho a cor de Borgil, Ardente como Jóia de Fogo…"  
- Gwen, estou a ouvir algo – avisou Arwen e o Narmodil rosnava baixinho.
- Então vamos! – e guardou também o desenho e o pergaminho. Espreitaram mas não se via ninguém; Gwen consultou o mapa e segredou: “Pela esquerda”. Saíram cautelosamente e então apanharam um grande susto, pois detrás duma coluna surgiu um enorme Troll que atirou com uma maça quase as apanhando. Arwen ainda ficou ferida num braço com os picos da arma e deixou cair a sua espada; Gwen apanhou-a e lançou-se sobre o Troll com ambas as espadas, fazendo-lhe dois grandes golpes que o fizeram rosnar de raiva, mas recebeu um safanão e foi bater numa coluna. O caso estava muito mau se não fosse o Narmodil: atirou-se à garganta do Troll e só o largou quando ele caíu com estrondo no chão. Depois correu para a Gwen que o abraçou: “Meldo Narmodil, hantalë!” e foram ter com a Arwen.
Deitava sangue do braço e Gwen ligou-lho com uma tira do vestido; mas ela era corajosa e em breve se sentia melhor.
- Vamos antes que apareça mais alguém – disse, levantando-se. Foram pelo caminho da esquerda: era um túnel de terra batida e parecia que caminhavam por uma longa caverna, mas a certa altura Arwen disse:
- Que serão aqueles orifícios na parede??? – e o Narmodil também parou. Na verdade viam-se vários orifícios de ambos os lados.  
- Vamos atirar uma pedra para ver o que acontece – e assim fizeram. Imediatamente viram setas saírem dos orifícios conforme a pedra passou.
- E devem estar envenenadas – disse Gwen – nós podemos passar evitando os orifícios, apesar de ser arriscado! Mas o Narmodil... é muito perigoso!   :(
Sentiram-se ambas aflitas. Mas de repente ouviram muito barulho ao longe.
- Já devem ter descoberto o Troll – disse Arwen – E agora virão atrás de nós. Que fazemos?   :(
- Temos de ir por aqui! Nunca passes à frente desses orifícios, Arwen; a seguir vou eu com o Narmodil, talvez o consiga ajudar nalgumas partes mais difíceis.
Arwen avançou evitando os furos, enquanto Gwen a observava e olhava à volta, tentando descobrir algo que fizesse parar as armadilhas. Tinha muito medo que o Narmodil fosse ferido; era quase certo que ele não conseguiria passar nalguns pontos sem ser atingido. :(  Nisto sentiu aproximar-se uma presença poderosa e agarrou na sua espada; viu uma porta abrir-se onde julgava ser só parede e uma figura envolta num manto negro com capuz, surgiu da escuridão.
“Vão! Desligarei as armadilhas por alguns minutos e eles nunca pensarão que foram por aqui.”
“Quem és tu?” – perguntou Gwen em pensamento, sabendo que ele a ouvia tal como ela o ouvira a ele. Não teve resposta, mas viu-o tirar algo debaixo da sua capa, um fio de mithril com uma pedra branca que brilhava intensamente. “Também tens uma!”  :huh:  e Gwen tocou na Pedra Elvëa do seu colar. – “E porque acho que te conheço?”
Ouviam-se passos e vozes cada vez mais próximos.
“Vão! Eu atraso-os! Mas sejam rápidos a passar!” - e o Narmodil aproximou-se dele e lambeu-lhe a mão. Depois avançou pela caverna, olhando para trás para ver se Gwen o seguia; ela olhou uma última vez a misteriosa personagem e depois correram os dois pela caverna até apanharem a Arwen, que avançava cuidadosamente.
- As armadilhas estão desligadas por alguns minutos – informou Gwen – mas temos de ser rápidos.
- Que bom! E parece-me que já vejo a luz do dia!
Assim era e em breve chegaram ao fim do túnel. O terreno era irregular e havia um profundo fosso, mas uma ponte levava ao outro lado, à Floresta!!   :w00t:
Passarram pela ponte a correr e sentaram-se junto a uma árvore, meio escondidas e muito aliviadas: tinham escapado de Dol Guldur! O Narmodil também parecia contente e disposto a continuar com elas. Gwen olhou para a terrível fortaleza e tocou na Pedra do seu colar: “Namárië ar hantalë, nildo Elda!”
- Conseguimos! Agora temos de encontrar os outros – disse Arwen, fazendo festas ao Narmodil.
- Vou tentar contactar alguém pelo meu palantír; lá dentro não dava sinal! Espero que aqui já dê.
Tirou-o do bolso e viu-o brilhar intensamente.
- Alguém está a tentar contactar – exclamou, e ela e Arwen ficaram a observar muito atentas. O Narmodil também olhou o que as fez rir. Era o Théoden!

“A entrada da torre está mesmo codificada! Parece que Saruman falou verdade e vamos ter vários desafios para vencer. Pedimos reforços para a Torre de Orthanc!”

- Mas que se estará a passar em Isengard? E o que terá acontecido ao Théoden para estar todo ligado? – perguntou Arwen.   :huh:
- Em breve saberemos; parece que todos temos muitas novidades – disse Gwen - Vamos, para Orthanc! - E os três viraram para Sudoeste. – E o Narmodil vem connosco, VIVA!  :w00t:


----------------------------------

Em anexo, o misterioso desenho que trouxemos da biblioteca de Dol Guldur  :huh: como é estranho!!!

Um GRANDE AGRADECIMENTO ao meu colega João Pedro  :) que com muita paciência e um grande entusiasmo desenhou a sala  :w00t: HANTALË  

E também um GRANDE AGRADECIMENTO ao Elrond  :w00t: que fez este LINDO NOVO BANNER  ^_^ com o Narmodil!  :w00t:
« Última modificação: Dezembro 08, 2008, 11:17:00 am por Gwen »
Lacho calad! Drego morn!

N3kr0
Maia
*****
Offline Offline


Mensagens: 1025

E-mail
O Tesouro dos Elfos :)
« Resposta #41 em: Junho 06, 2006, 07:42:10 pm »
Gwen amiga, tens um talento para contar histórias que me impressionou,
principalmente nesta última história, O SUSPENSE... :huh:

palminhas...  :w00t2:  
"Qualquer tipo de beleza, no seu supremo desenvolvimento, excita invariavelmente a alma sensível das lágrimas."
-- Edgar Allan Poe (1809-1849)

"Quase ninguém dança sóbrio, a não ser que estejam loucos. "
-- H. P. Lovecraft (1890-1937)


Gwen
Editor de Conteúdos
Maia
*
Offline Offline


Mensagens: 1738

E-mail
O Tesouro dos Elfos :)
« Resposta #42 em: Junho 06, 2006, 08:03:55 pm »
Hantalë, Nil...  :P N3kr0 ;)

Ficou grande demais  :huh: mas andar dentro de Dol Guldur não é fácil...  :P  
Lacho calad! Drego morn!

Arwen
Maia
*****
Offline Offline


Mensagens: 1338

Aiya Eärendil, Elenion Ancálima!

E-mail
O Tesouro dos Elfos :)
« Resposta #43 em: Junho 06, 2006, 08:07:57 pm »
^_^  Finalmente vou poder colocar o banner!!!  :w00t:

Aiya Narmodil. Bem vindo às nossas aventuras, caro amigo. Hantalë!  :P  :)


Já te tinha dado os parabéns, mas volto a dá-los por uma história magnifica e envolvente.  :)  Parabéns!  :D  

"Tinúviel elvanui Elleth alfirin edhelhael O hon ring finnil fuinui A renc gelebrin thiliol... "
Tinúviel [the] elven-fair, Immortal maiden elven-wise, About him cast [her] night-dark hair, And arms [like] silver glimmering..."




Théoden
Artífice do Tesouro
Maia
*****
Offline Offline


Mensagens: 1343

Westu Théoden hál!

E-mail
O Tesouro dos Elfos :)
« Resposta #44 em: Junho 06, 2006, 09:02:27 pm »
Ficou maravilhoso, Gwen! :D Como o N3kr0 bem disse, tem um suspense digno de Dol Guldur.  :ph34r: ;)

E a parte das armadilhas... digna de Indiana Jones! :P

E quem diria... um warg bonzinho? :P Mais um membro para a comitiva! (B)

E a sala... que mistério.  :ph34r: Os Anéis devem mesmo ser os Três, mas e a espada negra? E o que dirão as Sarati? E quem será o ser misterioso?  :ph34r:

O jeito é esperar os próximos capítulos! :P

E já agora, achei que a figura ficou muito bem feita... :D Deve ter dado muito trabalho, parabéns ao teu amigo! ;)
« Última modificação: Junho 06, 2006, 09:13:24 pm por Théoden »

Who shall gather the smoke of the dead wood burning,
Or behold the flowing years from the Sea returning?
LoTR - Book III - The King of The Golden Hall

Fórum Tolkienianos » Geral » Iniciativas » O Tesouro dos Elfos :)